segunda-feira, 20 de setembro de 2010

A barreira psicológica das 37 semanas


E eis que chegamos às 37 semanas. Caramba, ainda há dois dias estávamos no inicio...


Para mim esta gravidez teve duas grandes etapas (felizmente ultrapassadas e até ver bem ultrapassadas!). Uma foi os 3 meses. É aqui que dizem cair muito as probabilidades de aborto espontâneo, principalmente numa primeira gravidez. Ultrapassar esta barreira foi um alívio.


A partir daqui cada semana conquistada era uma bênção, mais um passinho nesta caminhada. O meu marido gosta de me chamar pessimista, que o normal é a gravidez correr bem. Talvez... mesmo assim, com tantas histórias tristes de problemas por que algumas senhoras passam, não consigo deixar de encarar esta minha gravidez, até agora tão tranquila, com uma bênção.


Agora as 37 semanas. Se a Sra. Dona Sofia decidisse nascer agora já o podia fazer sem grande problema. Já é uma menina grande. Uma bebé de termo! :)


Agora entre nós as duas, filhotinha, deixa-te ficar no forninho mais um pouquinho para cresceres mais um pedacinho, tá? A mamã cá se aguenta... (a mamã e a sua azia, o peso crescente no fundo da barriga, a falta de posição, o dar dois passos e ficar de bofes de fora, a moinha na "passarinha"... Caramba, a lista de incómodos vai crescendo de tal forma que já começa a parecer uma lista de supermercado! LOL).

2 comentários:

Rit♥Catita disse...

Que a tua filhota nasça bem e para breve.
Que tenhas uma horinha muito, muito pequenina.

Beijinhos

Lice disse...

Realmente uma gravidez sem problemas é uma benção!!! Tens toda a razão, mas mesmo assim apesar das barreiras que me surgiram, a chegada da minha Laura é também uma benção... nem vejo a hora de chegar ao termo e sentir " Estás aqui, estás comigo, agora vai correr tudo bem!".
Beijokinhas para ti e para a Sofia